Imprimir

Croa, um dos rios mais bonitos da Amazônia

Escrito por Flaviano Schneider em .

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Com apoio do governo do Acre, comunidade luta pela preservação da natureza e mantém riqueza cultural e espiritual

O rio Croa, situado no município de Cruzeiro do Sul, segundo maior município do Acre, é um dos mais bonitos da Amazônia com suas águas transparentes, floresta deslumbrante e vitórias-régias. A população que habita às suas margens tem consciência disso e, desde os tempos do primeiro mandato do governador Jorge Viana, vem fortalecendo sua luta com o apoio decisivo do governo estadual.

Vitórias-régias embelezam ainda mais o rio Croa - Foto: Flaviano SchneiderVitórias-régias embelezam ainda mais o rio Croa - Foto: Flaviano Schneider

Em 2006, a população local foi contemplada com o Programa Luz para Todos, que melhorou a qualidade de vida para todos. E, depois da luz, a água. No dia 11, o governador Tião Viana assinou a ordem de serviço para construção de 33 poços individuais e três coletivos, que vão atender todos os moradores da comunidade, 56 famílias no total. O investimento está no contexto de um amplo programa estadual cujo objetivo é universalizar acesso a água de boa qualidade em comunidades rurais de todo o estado.

A comunidade do Croa compareceu em peso para o ato de assinatura da construção dos poços que está sob a responsabilidade do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa). E não se arrependeu pois foi brindada com um show do cantor e compositor cruzeirense Alberão, cantando suas músicas e as do irmão Alberto Loro, todas com forte apelo ecológico, ou seja, tudo a ver com o maravilhoso Croa.

Casa de feitio do Santo Daime na comunidade local - Foto: Flaviano SchneiderCasa de feitio do Santo Daime na comunidade local - Foto: Flaviano Schneider

Organização comunitária defende a natureza do local

Desde o início do século, a comunidade do Croa vem se organizando para evitar que as belezas da região fossem destruídas por desmates ilegais, queimadas e pesca predatória. Deste movimento, surgiu a Associação dos Seringueiros e Agroextrativistas da Bacia do Rio Croa e Alto Alagoinha (Asaebrical).

O rio Croa oferece panoramas deslumbrantes - Foto: Flaviano SchneiderO rio Croa oferece panoramas deslumbrantes - Foto: Flaviano Schneider

Não se pode deixar de destacar o papel relevante do líder Davi Nunes de Paula em todo esse processo que, além de ser sócio fundador da Asaebrical tem uma longa história na Organização dos Povos da Floresta no Vale do Juruá.

Davi é filho do ‘velho seringueiro’, o saudoso Antônio de Paula, recentemente falecido, que é um ícone na luta e organização da Reserva Extrativista do Vale do Juruá e que, nos últimos anos, vinha desempenhando seu papel de guerreiro ecológico à frente da Associação Amigos das Águas do Juruá (AMAJ).

O governador Tião Viana fez questão de relembrar a luta do velho seringueiro em sua fala e garantiu que o Parque do Remanso, que o governo está construindo em Cruzeiro do Sul, se chamará Antônio de Paula, uma justa homenagem a quem tanto lutou pelo que há de mais importante no planeta, que é sua natureza.

Além da beleza natural, a região do rio Croa também se destaca pelo aspecto cultural e espiritual já que a comunidade é dos principais pontos onde se estabeleceu a Doutrina do Santo Daime, a religião da floresta, no Vale do Juruá, surgida no Acre, na primeira metade do século XX.

No rio Croa, o pensamento dominante é avançar e, para isso, tem contado com o apoio do Incra na regularização fundiária, da Secretaria do Meio Ambiente e do Instituto do Meio Ambiente do Acre, do Instituto de Mudanças Climáticas e da Secretaria de Turismo para a organização do plano de manejo e do plano de turismo, já que a região se tornou lugar de visita obrigatória no Vale do Juruá.

Ao longo dos últimos anos, a região do Croa também tem contado com uma grande amiga, a primeira dama do estado Marlúcia Cândida, que vem apoiando o fortalecimento do artesanato local, dos pequenos negócios e do turismo.

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn