Imprimir

Organizações querem ajudar o Brasil a restaurar 12 milhões de hectares de floresta

Escrito por Romerito Aquino (*) em .

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Depois da trágica notícia de que a devastação da Amazônia voltou a disparar entre agosto de 2015 e julho de 2016, com 798 mil hectares desmatados, segundo levantamento do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), uma boa notícia para a preservação da última grande floresta tropical do planeta.

Organizações querem preservar e reflorestar a grande floresta amazônica - Foto Florestal BrasilOrganizações querem preservar e reflorestar a grande floresta amazônica - Foto Florestal Brasil

Reunidas em Belém, no Pará, organizações não governamentais, empresas, membros da sociedade civil e órgãos do governo assinaram um pacto pela conservação das florestas brasileiras, inclusive a Amazônia brasileira. Com o nome de “Aliança pela Restauração na Amazônia”, o pacto tem por objetivo justamente o de combater a destruição e restaurar a floresta.

Segundo Rodrigo Medeiros, vice-presidente da organização não-governamental Conservação Internacional Brasil, promotora da ideia do pacto, os envolvidos na restauração da floresta vão trabalhar em conjunto para atrair recursos necessários à execução dos projetos de conservação florestal da região.

A meta é reflorestar 12 milhões de hectares em 15 anos em todo o Brasil - Foto AdesgA meta é reflorestar 12 milhões de hectares em 15 anos em todo o Brasil - Foto Adesg

“Que essas organizações, trabalhando juntas, possam ampliar a escala da restauração, desenvolvendo, em conjunto, novas técnicas de abordagens para desenvolver isso, visando principalmente a redução de custo dessa restauração da Amazônia, mas também tendo a capacidade de atrair mais recursos financeiros que vão financiar esses projetos”, assinala Medeiros, em entrevista à Empresa Brasileira de Comunicação (EBC).

O ambientalista da Conservação Internacional Brasil completa dizendo que a iniciativa vai ajudar o Brasil a cumprir a meta assumida na Convenção Internacional do Clima, que fixou em 12 milhões de hectares de florestas a restauração necessária para o país. “A ideia é que a gente consiga sair para uma estratégia de atuação em que a gente consiga, de fato, dentro dos próximos 15 anos, atingir essa meta de restauração”, frisa Medeiros.

De acordo com a EBC, a “Amazônia Live Rock in Rio” é uma das iniciativas que fazem parte da Aliança pela Restauração da Amazônia. O projeto do festival de rock do Estado do Rio de Janeiro assumiu o compromisso de plantar mais de três milhões de árvores na floresta amazônica.

(*) Com Graziele Bezerra, da EBC.

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn