Imprimir

EDITORIAL - A nobre missão da sustentabilidade

Escrito por Redação em . Publicado em Editorial

E o Acre segue em sua nobre missão de se tornar cada vez mais modelo de desenvolvimento sustentável na Amazônia, que possui a maior, a mais rica e a mais bonita floresta do mundo, onde é absolutamente possível se viver bem com o aproveitamento sustentável de suas grandes riquezas sem precisar desmatá-la, contribuindo desta forma para o necessário equilíbrio climático do planeta.

Foto DivulgaçãoFoto Divulgação

Com quase 90% de sua floresta intacta, o estado mais ocidental do país avança com sua economia agroflorestal em partes de suas áreas já desmatadas, fazendo da piscicultura, da avicultura, da suinocultura, do plantio de florestas, do extrativismo da borracha e da castanha e da produção de suas deliciosas frutas regionais grande fonte de renda e empregos para sua população.

É isso que o nosso semanário Expresso Amazônia vem procurando mostrar desde a sua fundação, em março de 2016, com matérias, reportagens e artigos sobre o que o povo trabalhador acreano, com o apoio de um governo empreendedor, faz para gerar a renda e os empregos necessários para progredir socialmente.

Nesta sua 44ª edição, nosso semanário traz novas reportagens sobre a economia do estado, que hoje já produz a banana de melhor qualidade do Norte do país, segundo reconhecem os próprios comerciantes e consumidores de Rondônia, Amazonas e Mato Grosso, que adquirem fatias cada vez maiores das 77 mil toneladas produzidas anualmente pelos pequenos agricultores acreanos em 7,3 mil hectares de terras já desmatadas.

Outra reportagem trata do aumento da produção de farinha de mandioca no estado, com enfoque especial para o crescimento da produção de mandioca em Xapuri, terra natal do sindicalista e mártir Chico Mendes, o grande professor da necessária sustentabilidade ambiental que o Acre ofereceu ao mundo no século passado.

A edição traz, ainda, reportagem sobre o sucesso que faz um ex-funcionário público vendendo na capital acreana os deliciosos biscoitos de goma e a farinha do Vale do Juruá, que hoje atrai a atenção e o desejo de consumidores do mundo inteiro tal o seu excepcional sabor e qualidade.

O semanário também traz uma entrevista exclusiva com o economista e advogado Leandro Domingos, atual presidente da Federação do Comércio do Acre (Fecomércio), considerado o grande e mais antigo guerreiro acreano na luta em favor dos comerciantes do estado, que são aqueles que vendem o que os agricultores acreanos produzem de forma sustentável. Por fim, leiam as novidades e as histórias de sucesso trazidas semanalmente pela nossa coluna “Sociedade & Negócios”. Boa leitura a todos. E obrigado.