Imprimir

EDITORIAL - Peixes do Acre conquistam o Brasil e o mundo na Semana Santa

Escrito por EDITORIAL E EXPRESSINHAS em . Publicado em Editorial

Vem chegando mais uma Semana Santa e o Acre tem nova oportunidade de mostrar à sua população e aos mercados externos e internos do país o fantástico progresso que tem alcançado nos últimos anos no setor de piscicultura a partir da Peixes da Amazônia, empresa montada com base na eficiente parceria pública, privada e comunitária e em tecnologia de ponta do mercado mundial de produção de peixes.

O tambaqui é um dos peixes mais apreciados hoje no Brasil - Foto DivulgaçãoO tambaqui é um dos peixes mais apreciados hoje no Brasil - Foto Divulgação

Para este ano, a previsão de faturamento da empresa é da ordem de R$ 2 milhões, com as 120 toneladas que vai disponibilizar para venda tanto na capital do estado, quanto em outros estados brasileiros e no mercado consumidor do vizinho Peru, onde os peixes criados por centenas de pequenos piscicultores acreanos também estão tendo grande aceitação por parte dos consumidores.

Além de apresentar o destaque da moderna piscicultura acreana, essa 39ª edição do jornal Expresso Amazônia traz outras reportagens que expressam a desenvoltura com que o estado mais ocidental do país tem crescido social e economicamente por praticar uma economia de bases sustentáveis, que respeita o meio ambiente e as tradições culturais do povo da floresta, hoje intacta em 85% do seu território.

Assim, o jornal destaca a expansão do extrativismo da castanha e da madeira de manejo em Xapuri, terra natal do ecologista e sindicalista Chico Mendes. Neste sentido, o jornal publica reportagem sobre a criação, pela Cooperacre, da Casa do Extrativista, que vai apoiar os extrativistas que vêm à cidade comercializar sua borracha e sua castanha. Também noticia a retomada, em base mais ampliada, do complexo florestal e madeireiro xapuriense, que volta a funcionar em junho próximo ampliando sua produção de madeira de manejo beneficiada para até 30 mil metros cúbicos mensais.

O semanário também traz reportagem sobre o desempenho da economia do Acre, que teve o quarto maior aumento do país em 2014, com seu Produto Interno Bruto (PIB) representando naquele ano algo em torno de R$ 12,4 bilhões, 4,4% superior ao PIB de 2013. Outras duas reportagens completam a nova edição do jornal, com a primeira delas contando a história de vida e trabalho da Tia Tucha, a mais famosa tapioqueira da capital acreana; e a segunda mostrando, também na capital do estado, como se é capaz de transformar uma lojinha de conserto de bicicletas em quatro lojas médias de venda de peças e de bikes. Boa leitura a todos.

COLUNA EXPRESSINHAS

Foto Gleilson Miranda - Secom-ACFoto Gleilson Miranda - Secom-AC

Safra do milho - Acompanhado do deputado Lourival Marques e do secretário José Reis, de Agricultura e Pecuária, o governador Tião Viana foi ao Km 38 da Vila da Pia, na BR-317, que liga Rio Branco (AC) e Boca do Acre (AM), acompanhar o início da colheita da safra de milho no estado, estimada em 50 mil toneladas e destinada a servir de base para as rações dos crescentes setores da piscicultura, avicultura e suinocultura, que têm participado cada vez mais do Produto Interno Bruto (PIB) acreano.

Foto Rita RamosFoto Rita Ramos

Feira de turismo - Pelo quarto ano consecutivo, se fez presente na feira internacional de turismo World Travel Market Latin America (WTM), realizada no Expo Center Norte, em São Paulo. Ocorrendo simultaneamente ao 47o Encontro Comercial Braztoa, da associação das operadoras de turismo, a feira foi totalmente voltada aos profissionais do setor turístico, oferecendo um espaço para networking de negócios e recebendo as principais operadoras de turismo, agências de viagens e jornalistas de todas as nacionalidades.

Foto Alexandre Noronha, Secom-ACFoto Alexandre Noronha, Secom-AC

Marlúcia Cândida - A arquiteta e primeira-dama acreana Marlúcia Cândida comandou, no Palácio Rio Branco, a apresentação das ações dos programas de economia criativa do estado a representantes do banco alemão KfW e do governo do Reino Unido. A missão internacional cumpriu no Acre várias agendas para a apresentação dos resultados da primeira fase do programa global REM (REDD for Early Movers) de conservação ambiental, com aplicação de investimentos de R$ 85 milhões e discussão para uma segunda fase do programa de mais três anos.

Foto Sérgio Vale, Secom-ACFoto Sérgio Vale, Secom-AC

Fronteira peruana - O Acre fortaleceu as relações com a região fronteiriça de Madre de Dios, do Peru, por ocasião da recente visita ao estado do embaixador peruano no Brasil, Vicente Rojas. Na ponte internacional, que divide as cidades de Assis Brasil, no Brasil, e Iñapari, no Peru, o embaixador Rojas, o gerente Regional de Madre de Dios, Flor Cano, e o prefeito Alfonso Cardoso (Iñapari) assinaram com o governador Tião Viana o protocolo de intenções que visa impulsionar ainda mais o desenvolvimento daquela região fronteiriça.