Imprimir

Melhores mercados e maior produção agrícola

Escrito por Tião Maia em . Publicado em Especiais

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Prefeitura de Marcus Alexandre investe em reformas de mercados e em equipamentos para fortalecer a agricultura familiar

Prefeito confere equipamentos que vão substituir material manual e permitir a  ampliação da produção agrícola - Foto Assis LimaPrefeito confere equipamentos que vão substituir material manual e permitir a ampliação da produção agrícola - Foto Assis Lima

A administração do prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, que caminha para o segundo ano de seu segundo mandato, também é caracterizada pelo forte apoio do governo municipal ao fortalecimento da agricultura familiar, que passa também pela reforma e ampliação dos mercados que servem de base aos produtores rurais na comercialização de seus produtos.

Nos seis anos da administração de Marcus Alexandre, todos os mercados sob a administração da Prefeitura Municipal foram recuperados e ampliados ou ainda estão em fase de obras, como é o caso do mercado “Álvaro Rocha”, também conhecido como “Mercado do Bosque”, no bairro do Bosque, na capital acreana.

“Ali, além da humanização, com organização dos boxes e outras obras de infraestrutura, vamos trabalhar a ampliação para mais conforto tanto para os comerciantes como também para seus clientes”, diz a coordenadora do setor de mercados da Prefeitura, Juliana Alves. Segundo ela, outras estruturas estão sendo construídas e devem ser entregues até o final do ano.

Todos os mercados municipais foram reformados, ampliados ou estão em fase de conclusão - Foto Assis LimaTodos os mercados municipais foram reformados, ampliados ou estão em fase de conclusão - Foto Assis Lima

De acordo com a coordenadora, esta é também uma forma de a Prefeitura mostrar o incentivo do poder público para a produção no cinturão verde do entorno de Rio Branco. Além de apoiar a estruturas no centro urbano de Rio Branco, a Prefeitura apoia a expansão do uso da tecnologia para o fortalecimento da agricultura familiar, como um dos mecanismos para ajudar na produção.

Como exemplo disso, na semana passada, o prefeito Marcus Alexandre entregou no Ceasa de Rio Branco, no bairro da Sobral, vários equipamentos agrícolas. A entrega foi feita a dirigentes de associações de produtores rurais da capital. Os equipamentos vão substituir as enxadas e outros apetrechos manuais utilizados no campo, o que deve proporcionar que a triplicação da produção agrícola municipal. No primeiro momento, foram entregues nove microtratores, 33 motores estacionários e 34 fornos para casas de farinha.

Potencializar os esforços dos produtores

A aquisição dos itens agrícolas, a reforma e ampliação dos mercados e o trabalho de abertura de ramais executado em parceria com o governo do Estado, além do transporte da produção e às Ferinhas de Bairro nas quais a produção é comercializada, fazem parte das ações que, segundo o prefeito Marcus Alexandre, potencializam os esforços dos produtores.

Marcus Alexandre (centro) teve apoio de emenda do deputado federal Sibá Machado (PT-AC) para adquirir equipamentos - Foto Assis LimaMarcus Alexandre (centro) teve apoio de emenda do deputado federal Sibá Machado (PT-AC) para adquirir equipamentos - Foto Assis Lima

“Nossos agricultores são exemplo de trabalho e precisam desses incentivos do poder público para incrementar a produção. Queremos ser parceiros para garantir que a tecnologia faça a diferença na nossa agricultura familiar”, destaca o prefeito da capital acreana.

Na área do Quixadá, há uma grande produção de hortaliças e, segundo o presidente da Associação Rural, Manoel Souza, a tendência é que a área plantada seja triplicada com o auxílio da tecnologia. “Atualmente produzimos 60 mil maços de alface, couve e cheiro verde por semana e a tendência é triplicar essa quantidade. Estamos agradecidos”, diz Reis.

Israel dos Reis, o Mineiro, da Comunidade São José do Belo Jardim, também já planeja aumentar de meio para dois hectares a área cultivada de cada sócio. “Mais produção é mais renda para as famílias”, assinala o produtor.

Prefeito Marcus Alexandre inspeciona cobertura do espaço entre a Avenida Nações Unidas e a rua Coronel Alexandrino - Foto Fagner DelgadoPrefeito Marcus Alexandre inspeciona cobertura do espaço entre a Avenida Nações Unidas e a rua Coronel Alexandrino - Foto Fagner Delgado

Nestée Silva, da Comunidade Bom Jesus da Água Preta, na região do Barro Alto, na Transacreana, próximo ao Riozinho do Rôla, cita que, com os fornos e motores, os produtores que hoje lidam com horta vão passar a também fazer farinha de mandioca. “Estamos ansiosos para ter essa renda a mais com a farinha e itens como a goma”, diz.

Atualmente, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria de Agricultura, mantém mais de mil hortas na capital, onde trabalham cerca de 600 famílias. A secretaria, que possui 80 mini tratores, garante ainda aos produtores a assistência técnica, kits estufa, kits de irrigação, transporte da produção e mais de 30 Ferinhas de Bairro, onde os itens são comercializados.

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn